O Ministério da Saúde realizou uma troca na distribuição de Insulina (medicamento utilizado no tratamento da Diabetes Mellitus Tipo 1), na Rede do Sistema Único de Saúde (SUS), por meio da Nota Técnica n° 553/2021. Atualmente é ofertada a Insulina Asparte de 100UI/ml, a qual será substituída pela Insulina Glulisina (Apidra) 100UI/ml, com sistema de aplicação.
A decisão foi tomada no início do mês e, encaminhada para que os Estados realizassem a divulgação para classe médica e a sociedade. O Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT) atende o ofício n° 023/2021 da Secretaria de Estado de Saúde (SES), e informa que ainda neste mês a nova insulina começa a ser distribuída pelo SUS.
Assim que o medicamento chegar ao Estado ele será encaminhado aos municípios. A quantidade será a mesma que era utilizada para tratamento com a insulina análoga de ação rápida Asparte 100 UI/ml.
Vale ressaltar, que o medicamento é indicado para adultos e crianças com idade igual ou superior a quatro anos. No caso de crianças com menos de quatros anos será necessário à reavaliação pelo médico assistente.
O uso da insulina Glulisina também deve ser evitado durante a gravidez. Neste caso há a possibilidade de migração da insulina análoga de ação rápida 100UI/ml para o uso da insulina regular 100U/ml de solução injetável, disponível na Rede SUS.

Veja nota técnica na íntegra aqui

Maju Souza
Assessoria de Comunicação

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.