Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Campanha valoriza papel do médico na assistência
Ter, 24 de Outubro de 2017 09:58

"Neste 18 de outubro, dia de São de Lucas, comemoramos mais uma vez o dia do médico com justas homenagens a uma classe profissional que tem compromissos vocacionais com a dignidade humana, com a saúde e com a vida de seus pacientes. É uma classe que enfrenta obstáculos e desafios em sua rotina de trabalho, que não tem o devido reconhecimento de valor, mas honra os seus compromissos vocacionais e tem o maior crédito oferecido pela população brasileira a uma classe profissional", ressalta o presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Carlos Vital.

Assim, com essa mensagem, ele parabenizou os médicos, nesta quarta-feira (18), pela sua data, a qual será lembrada pelos Conselhos de Medicina com a ajuda de uma campanha publicitária, dentre outras iniciativas. Como tema para a abordagem em anúncios, spots e vídeos, optou-se por ressaltar os valores adotados pelos profissionais em seu cotidiano, bem como a trajetória de suas entidades de representação, desde sua criação, há 60 anos.

 Essencial - Uma das frentes da campanha é estimular os brasileiros a refletirem sobre as necessidades fundamentais da saúde, sobretudo na rede pública, enquanto modelo assistencial que alcançou posição de referência internacional. Conforme mostra a campanha, o trabalho do médico é essencial à saúde, tanto quanto a criação de uma carreira de estado, uma boa infraestrutura, a defesa da medicina, a luta por justiça, além da competência, da dignidade e da confiança no atendimento.

Em cada uma das peças criadas, a população é lembrada da importância do CFM e dos CRMs, a partir de algumas constatações. Sob o mote "Você sabia?", a campanha revela, por exemplo, que a medicina é a profissão que desperta a maior percepção de confiança e credibilidade entre os brasileiros, em referência à uma pesquisa de opinião encomendada pelo CFM ao Instituto Datafolha.

Em outra peça, é destacado que 58% dos médicos gostariam de trabalhar somente na rede pública se contassem com condições dignas de trabalho. Há também a preocupação de mostrar que a solução para fixar o médico do SUS nos municípios do interior passa pela criação de uma Carreira de Estado para essa categoria – proposta defendida pelos Conselhos de Medicina e que deu origem a uma Proposta de Emenda Constitucional que já está pronta para ser votada pelo Congresso Nacional.

Campanha – Ao longo dos meses de outubro e novembro, o Conselho Federal de Medicina e os Conselhos Regionais divulgarão peças publicitárias na internet (redes sociais), jornais, revistas e emissoras de rádio. Nos anúncios, são reproduzidas situações de atendimento que reforçam a relação médico-paciente e o compromisso de cada profissional com sua atuação nas redes pública e privada.

Tradicionalmente, os Conselhos de Medicina também têm desenvolvido uma série de ações para alertar a população, por meio da imprensa brasileira, sobre as condições com as quais os profissionais precisam lidar na busca pelo acesso à saúde de qualidade. Em anos anteriores, por exemplo, o CFM divulgou levantamentos que revelaram a queda do número de leitos de internação na rede pública e que, ainda, jogaram luz sobre as condições de trabalho para o médico nos postos de saúde.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© PORTAL MÉDICO 2010 - o site do Conselho Regional de Medicina do Estado de Mato Grosso -Todos os direitos reservados
Endereço do CRMMT Rua E, S/Nº Centro Politico Administrativo - Caixa Postal 10020, CEP: 78049-918, Telefone (65) 3612-5400, Fax (65) 3612-5440 
Cuiabá-MT